Online UNISANTA
31 de agosto de 1996

English version

Com o tema "Políticais Regionais de Comunicação: Os desafios do Mercosul", Londrina abre sediará o XIX Congresso da Intercom. A UNISANTA participará mais uma vez, mas agora apresentando os trabalhos "Os Manguezais"e "A Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande", elaborados por alunos de Jornalismo.


Nordeste renasce
Foto
Fortaleza, capital
do Ceará é um exemplo
do crescimento
Nordestino

Nasce tubarão em laboratório
Brasil ganha novo Código de Trânsito
Jogadores tumultuam Campeonato Brasileiro
Dia nacional do folclore em Santos
UNISANTA tem a primeira rádio universitária
Nasce tubarão em laboratório
Macaé, empalhado é atração do museu de pesca Matéria-1
Mudando a rota da prostituição Matéria-2
Analfabetismo em Santos é um dos menores do país
Região Nordeste surpreende o resto do país Matéria-1
Banco do Brasil faz operações ilegais Matéria-2
Marcianos, governos, Investimentos e a informática

break2 o

O jogador Marcelinho Carioca está desiludido. Tudo porque Zagalo tem se "esquecido" de convocá-lo para disputar jogos da Seleção Brasileira. Revoltado, ele pensa seriamente em naturalizar-se americano e tentar conseguir o greencard para defender a seleção dos Estados Unidos, ou mesmo de algum outro país. O que ele não sabe é que por ter disputado pelo Brasil o Mundial de Juniores de 1989, disputado na Arábia Saudita, não poderá defender as cores de outro país. Pobre Marcelinho! Terá mesmo de se contentar em ser brasileiro!

o Começa hoje na cidade de Santos, litoral de SP, o Décimo Festival Santista de Teatro Amador. A abertura oficial contará com a presença da patronesse Lolita Rodrigues. Contando com a participação de 15 cidades e 43 montagens teatrais, entre os principais destaques está a Companhia Municipal de Teatro Aguapé, de Iguape/SP, ganhador de vários prêmios na área.

o

Em recente visita a cidade de Santos, o governador Mário Covas afirmou que não há prazo para que a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega seja duplicada por falta de verbas do Estado. Muita gente aposta que se o governo pedisse R$ 1,00 de todas as pessoas que tiveram familiares mortos nessa Rodovia, as obras começariam no mesmo dia!

Campus | Ciência | Cultura | Economia | Educação | Esporte | Mídia | Política | Regional
Expediente | UNISANTA | Home Page