eXTReMe Tracker


Notícias .:.

02/09/2007
Jornalismo deve resgatar a crônica, propõem pesquisadores

Anna Gabriela Ribeiro (*)


A crônica é um gênero que está sendo esquecido na prática jornalística, afirmou a professora Juçara Brittes, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Ela disse que a crônica entra no texto jornalístico como algo que impressiona, desperta sentimentos e toca a alma das pessoas.

Participante da mesa que abordou o tema Inovações Jornalísticas – Ícones Brasileiros, na UniSantos, Juçara ressaltou a importância dos jornais cariocas no contexto da crônica brasileira. "O Rio de Janeiro dos cronistas era uma cidade que começava no centro e ia da Glória ao Leblon".

Ela lembrou que Rubem Braga se projetou nas crônicas dos jornais cariocas nos anos 50. Além de cronista, ele se consolidou como colaborador dos principais jornais e revistas do século XX.

A mesa, coordenada pela professora Benalva da Silva Vitório, da UniSantos, contou ainda com os expositores Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que falou sobre Gilberto Freyre e os manuais de Jornalismo e Maria Isabel Amphila Souza, da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), com o trabalho sobre Audísia Sá e o jornalismo cearense.

Alfredo Vizeu discutiu a verdadeira função do manual de redação. "Gilberto Freyre atribuía aos textos jornalísticos a necessidade de textos simples, que contribuam para o leitor entender mais sobre o mundo em que vive, palavras simplificadas".

Vizeu disse que Freyre antecipou em 50 anos as orientações dos modernos manuais, como os dos jornais O Globo e Folha de S. Paulo. Em 1929, Gilberto Freyre já estipulava métodos para escrever textos jornalísticos.

Maria Isabel Souza passeou pela história do jornalismo cearense e trouxe a "história viva", pois Adísia Sá estava presente, entre o público. Adísia é considerada um mito do jornalismo cearense. Nascida em 1929, ela foi a primeira mulher a entrar em uma redação e a segunda a ser sindicalizada no País. Também fundou a primeira revista científica de comunicação.

Hoje, Adísia trabalha no jornal O Povo, de Fortaleza, além de ser escritora. "Uma vez me perguntaram o que eu seria se não fosse jornalista, e eu respondi: seria infeliz", disse, emocionada.

Para a coordenadora da mesa, Benalva Vitório, os temas abordados mereciam mais tempo de discussão, devido à riqueza de conteúdo.

(*) Aluna do curso de Jornalismo da Universidade Católica de Santos (UniSantos).

Últimas notícias :.:

2/9/2007 - Quadrinhos juntam poesia, filosofia e comunicação
2/9/2007 - Impacto da Internet influencia futuro do rádio
2/9/2007 - Cursos de Santos levam quatro prêmios na Expocom
2/9/2007 - Núcleo discute Cony, livros de bolso e obras didáticas
2/9/2007 - Natal será sede do XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação
2/9/2007 - Globalização ainda é tema pouco pesquisado no Brasil
2/9/2007 - Jornalismo deve resgatar a crônica, propõem pesquisadores
2/9/2007 - Dúvidas cercam implantação da TV digital
2/9/2007 - Pollyana Ferrari lança livro sobre hipertexto e hipermídia
2/9/2007 - Pesquisas mostram as transformações históricas do rádio no Brasil
2/9/2007 - No Jornal Entrevista, mudança constante é a regra
2/9/2007 - Arquivo reúne registros da censura do Dops ao teatro
2/9/2007 - Jornalistas discutem definição para agência universitária de notícias
1/9/2007 - Palestra fala sobre TV digital e de alta definição
1/9/2007 - The Sims vira tema de discussão acadêmica
1/9/2007 - Alunos vencedores do Prêmio Expocom serão conhecidos neste domingo (02) na Unisanta
1/9/2007 - Temas polêmicos movimentam o último dia do Intercom
1/9/2007 - Vidas na Rede é tema de programação na Unisantos, neste sábado (1/09)
1/9/2007 - As transformações do rádio em meio às inovações tecnológicas
1/9/2007 - Região Sudeste conta com o maior número de revistas sobre comunicação
1/9/2007 - Cultura regional é tema preferido na categoria rádio na Expocom
1/9/2007 - Emoção na publicidade depende do ``olhar``
1/9/2007 - Grupo Sem Fantim mostra raízes dos ritmos brasileiros
1/9/2007 - Projetos de jornalismo impresso são destaque no Expocom
1/9/2007 - Pressão consumista neurotiza a ``geração Rebelde``
31/8/2007 - Novas mídias multiplicam os fazedores de informação”, diz Gaudêncio Torquato
31/8/2007 - Jornalista do Le Monde Diplomatique aponta crise na democracia e na comunicação
31/8/2007 - J-Aliança quer mídia mais responsável e com participação da sociedade
31/8/2007 - Comunicadores e interatividade digital são temas de palestra no Intercom 2007
31/8/2007 - Estudo analisa o perfil do consumidor


Para acessar o índice geral de notícias, clique aqui.





 




 

© 2007. As matérias e imagens disponíveis neste hotsite foram produzidas por alunos do terceiro ano do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo da UNISANTA, exceto quando creditado. Informações oficiais sobre o INTERCOM 2007 estão disponíveis no endereço www.intercom.org.br ou na coluna "Sala de Imprensa" (presente na página inicial deste site). Consulte também o link "Expediente" para saber como entrar em contato com a Assessoria de Imprensa Local do INTERCOM 2007.