Você está aqui: Primeira página » Eleições 2012
Edição nº 372 | Ano XVIII | Fechada em 12/05/12 às 13h15
Cadernos
 Campus
 Cultura
 Eleições 2012
 Esportes
 Geralis
 Porto
 Regional
 Saúde
 Primeira página

Contato
 Escreva para nós
 Sugira uma pauta
 Colabore conosco

Sobre o Online
 Expediente
 Arquivo
 História

 Parceria InfoSpace
 Parceria U-Wire
 RSS

Especiais
 Eleições 2004
 Eleições 2006
 Intercom 2007

 Eleições 2008
 Eleições 2010
 Copa do Mundo 2010

 

 

 
Santos mantém média de 40% na renovação parlamentar
sábado, 12 de maio de 2012

Thaigo Costa

Envie esta matéria para um amigo Imprima esta matéria

 Thaigo Costa

Segundo dados municipais da cidade de Santos em média 40% do poder legislativo é renovado a cada eleição. “A renovação política no país, ao contrário do que as pessoas pensam, é grande”. A frase do cientista político Fernando Chagas, que desde os anos 80 faz parte do cenário político nacional, comprova um dos pilares fundamentais para o exercício do sistema democrático no país.

Para Chagas, o processo de renovação é fundamental, principalmente no poder Executivo, entretanto “quanto mais tempo legislando, maior será a capacidade de legislar, diferente do executivo, que necessariamente deve ser renovado”.

Segundo o vereador Marcus De Rosis, que faz parte do quadro de vereadores da cidade de Santos desde 1989 (menos de 2001 a 2004, quando foi secretário de esportes em Santos), “continuidade não é continuísmo”. De Rosis defende que quanto mais experiência um vereador tem, maior será a chance de acerto. “Eu já cansei de ver jovens vereadores prometendo coisas inconstitucionais. Não que vereadores experientes não façam isso, fazem sim, e muitas vezes até de propósito. Porém eu acredito que ao adquirir mais experiência esse tipo de erros tende a diminuir”, explica o vereador.

Na contramão da continuidade no legislativo, o poder executivo é alvo de frequentes ataques de renovação. “Eu defendo, para o executivo, um único mandato de cinco ou seis anos, sem reeleição”, opina Chagas. De Rosis defende a mesma tese. “Eu acredito que seria muito mais eficaz um mandato único de cinco anos”, comenta o Vereador.

Para De Rosis, a principal diferença, levando em conta suas devidas proporções, “é que o executivo desgasta muito a pessoa”. Já para Chagas, “o executivo deve ser renovado pois o poder é extremamente centralizado, diferente do legislativo, onde muitos decidem”.

Para o Presidente da Câmara dos Vereadores de Santos, Manoel Constantino, que completa, em 2012, três décadas na casa, como vereador, “a renovação está na mão da sociedade. Se eles não acreditarem no meu trabalho basta não votar em mim”, ressalta o presidente.

A câmara de Santos conta hoje com 17 vereadores. José Lascane, um dos 17 homens encarregados da nobre tarefa de legislar na cidade de Santos, acredita que esse é um papel importantíssimo e de extrema responsabilidade, porém muito desgastante não apenas psicologicamente mas também fisicamente. “Nossa função é fazer leis para a sociedade, e isso dá muito trabalho. Eu acredito que esse ano seja minha última eleição. Preciso de tempo para cuidar da minha família também”, comenta Lascane, que está na câmara desde 1989.





Leia também no caderno Eleições 2012

 Mesário voluntário: colaborador da democracia brasileira
 Lei que limita o barulho favorece a população nas eleições
 Propaganda eleitoral fora de época pode ser denunciada


 

 

 

 

Twitter Página do Online no Facebook RSS do Unisanta Online Comunidade do Unisanta Online no Orkut

Há 1 ano no Online


Baixe as últimas edições »

Semana de Arte Moderna: 90 anos

Um século de glórias

Última impressão

O caminho das artes

 



Divulgação Secom-PMS

Baixe as últimas edições »

Saber terceira língua já vira diferencial no mercado

Tesouro quase esquecido

Universidades distanciam pais e filhos

Excesso de telefone pode afetar a convivência social


E mais: Jornal dos Jogos »

Edições: 1 | 2


Há 1 ano no Online


Superstição: gatos pretos são discriminados na adoção

Leia mais »



Há 5 anos no Online


Jornalismo Impresso e Online têm projetos para o Intercom

Leia mais »



Há 10 anos no Online


Quase metade dos jovens está desempregada

Leia mais »

 
 

 

UNISANTA Online - Jornal-laboratório desenvolvido por alunos do segundo ano do curso de Jornalismo da Faculdade de Artes e Comunicação (FaAC) da Universidade Santa Cecília. Correspondência: Rua Oswaldo Cruz, 277 - 11045-907 - Boqueirão - Santos/SP. © 1994-2012 Universidade Santa Cecília - Todos os direitos reservados. Reprodução de textos permitida mediante autorização. As matérias publicadas são de inteira responsabilidade dos alunos-repórteres, sob a coordenação dos respectivos professores-orientadores - não representando, portanto, a opinião da instituição.