Você está aqui: Primeira página » Esportes
Edição nº 373 | Ano XIX | Fechada em 19/05/12 às 12h30
Cadernos
 Campus
 Cultura
 Eleições 2012
 Esportes
 Geralis
 Porto
 Regional
 Saúde
 Primeira página

Contato
 Escreva para nós
 Sugira uma pauta
 Colabore conosco

Sobre o Online
 Expediente
 Arquivo
 História

 Parceria InfoSpace
 Parceria U-Wire
 RSS

Especiais
 Eleições 2004
 Eleições 2006
 Intercom 2007

 Eleições 2008
 Eleições 2010
 Copa do Mundo 2010

 

 

 
Times da Baixada mostram sua força na Segundona do Paulistão
sábado, 19 de maio de 2012

Rafael Moreira

Envie esta matéria para um amigo Imprima esta matéria

 Lisete Capeletto

O Campeonato Paulista da Segunda Divisão chega à terceira rodada e a maioria das equipes da Baixada Santista já demonstraram competitividade. Elas se prepararam bastante na pré-temporada para começar bem na competição, que começou no último dia 5, e protagonizam clássicos regionais no Grupo 7.

O Jabaquara AC, por exemplo, esteve em Atibaia há duas semanas para realizar um jogo-treino. O preparo resultou na liderança após duas rodadas. Na estreia, arrancou um empate por 2 a 2 no clássico contra a AD Guarujá, que jogou em casa. Na sequência, em outro clássico, ganhou do São Vicente AC, na Caneleira, por 2 a 1 e “roubou” a liderança da equipe vicentina.

Agora, o Jabuca divide a primeira colocação do grupo com o GE Mauaense, cada um com os mesmos quatro pontos. Embora empatados também no número de vitórias e de gols feitos e sofridos, o time santista se mantém na frente apenas pelos dois cartões amarelos a menos. Entretanto, as duas equipes se enfrentam neste domingo e quem vencer fica com a liderança.

"O Jabaquara montou um belo elenco e a Portuguesa, apesar da campanha, tem muita tradição no torneio” (Edvaldo Batista, presidente do São Vicente AC)Em contrapartida, a AA Portuguesa Santista, apesar de ter realizado um longo período de treinamentos, ainda não venceu. Estreou com derrota por 3 a 2 no clássico contra o São Vicente AC fora de casa e empatou, em Ulrico Mursa, com o EC São Bernardo em 1 a 1. Com apenas um ponto, a Briosa ocupa a penúltima colocação.

A Portuguesa iniciou o torneio com o elenco totalmente renovado em relação ao ano passado. “Desde fevereiro deste ano, iniciamos um trabalho partindo do zero, no sentido de selecionar e preparar os novos jogadores”, diz o auxiliar técnico Rodrigo Santana.

Ele informa que a maioria desses atletas vem de outros times da Baixada Santista, da Capital e também do Exterior. “Nosso trabalho consistiu em fazer uma avaliação minuciosa e rigorosa de todos os inúmeros atletas que surgiram”.

Já o São Vicente investiu em contratações e começou bem, mas não manteve o ritmo. Com uma vitória e uma derrota, a campanha irregular deixou o time na zona intermediária do grupo, na terceira colocação.

Entre os novos atletas, estão o goleiro Cléber, o atacante Jean e o meia Dodô, que estava no futebol colombiano. Segundo o presidente do clube, Edvaldo Batista, o meio-campista é a principal contratação do elenco.

Ele também destacou a volta do volante Diogo, que estava emprestado ao Bragantino. Os principais nomes do ano passado, como os zagueiros Rico e Cocada, os laterais Tico e Flávio e o atacante Wagninho, foram mantidos.

A AD Guarujá, por sua vez, contou com a volta de atletas conhecidos pela torcida, mas ainda não venceu no torneio. A exemplo da Briosa, a equipe conquistou apenas um ponto até agora e segura a lanterna do grupo. Após o empate em casa em plena estreia, o time perdeu para o então líder Mauaense.

Os atacantes Tinho e Luizinho e o lateral Roni voltaram de empréstimo para compor o elenco ao lado do centroavante Buiú. Luizinho jogava no futebol mineiro, enquanto Tinho e Roni defendiam as cores do Sete de Setembro FC.

Para Edvaldo Batista, os clubes santistas serão os principais concorrentes ao título, ao lado do São Vicente. “O Jabaquara montou um belo elenco e a Portuguesa, apesar da campanha, tem muita tradição no torneio”.

As quatro equipes citadas compõem o Grupo 7 da primeira fase junto com EC São Bernardo e GE Mauaense. O campeonato é disputado por 42 clubes.

A competição, que vai até 21 de outubro, é composta de cinco fases em que os clubes jogarão no mínimo dez e no máximo 30 partidas. Os times foram divididos em sete grupos, com seis participantes cada, seguindo um critério de regionalização, como nos últimos anos.

Na primeira fase, as equipes jogarão dentro dos respectivos grupos em turno e returno, classificando-se para a segunda fase os três clubes com o maior número de pontos ganhos em cada um dos grupos e os três melhores quartos colocados, independentemente do grupo a que pertençam.


Leia também no caderno Esportes

 Em casa, objetos viram equipamentos de academia


 

 

 

 

Twitter Página do Online no Facebook RSS do Unisanta Online Comunidade do Unisanta Online no Orkut

Há 1 ano no Online


Baixe as últimas edições »

Semana de Arte Moderna: 90 anos

Um século de glórias

Última impressão

O caminho das artes

 



Divulgação Secom-PMS

Baixe as últimas edições »

Saber terceira língua já vira diferencial no mercado

Tesouro quase esquecido

Universidades distanciam pais e filhos

Excesso de telefone pode afetar a convivência social


E mais: Jornal dos Jogos »

Edições: 1 | 2


Há 1 ano no Online


Superstição: gatos pretos são discriminados na adoção

Leia mais »



Há 5 anos no Online


Jornalismo Impresso e Online têm projetos para o Intercom

Leia mais »



Há 10 anos no Online


Quase metade dos jovens está desempregada

Leia mais »

 
 

 

UNISANTA Online - Jornal-laboratório desenvolvido por alunos do segundo ano do curso de Jornalismo da Faculdade de Artes e Comunicação (FaAC) da Universidade Santa Cecília. Correspondência: Rua Oswaldo Cruz, 277 - 11045-907 - Boqueirão - Santos/SP. © 1994-2012 Universidade Santa Cecília - Todos os direitos reservados. Reprodução de textos permitida mediante autorização. As matérias publicadas são de inteira responsabilidade dos alunos-repórteres, sob a coordenação dos respectivos professores-orientadores - não representando, portanto, a opinião da instituição.